Anúncio

Nós fomos devastados
Nós fomos dizimados
E já esquecemos

Nós fomos trancafiados
Nós fomos barrados
Nós fomos expostos ao ridículo
Ao baixar as máscaras
E expor nossa vergonha

Nossas feridas mal fechadas
Foram abertas
E lavadas a álcool e sabão
Diariamente
E já esquecemos

Nós fomos jogados em covas
Como indigentes
Nossos laços de amor foram mutilados
Não dissemos adeus
E já esquecemos

Ainda há anúncios
Em que se lê
Dois mil e aquele ano
Estacionados na beira da estrada do tempo
Sem previsão de resgate

Crianças avançam em ignorância
Enquanto avançam de série em série em série
E não nos importamos

Nossas prioridades bambeiam
Entre ter o mínimo
E manter o ritmo-insano-produtivo-consumista
E aceitamos

Resiliência
É um vocábulo oco
Vazio
Significa
Traduzido para o politiquês
“Fodam-se”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s